A realeza britânica combate a saúde mental

About_us

Em tempos preocupantes no que se refere às condições humanas de bem-estar, os jovens da família real lançaram uma campanha, Heads Together, para combater um assunto que vem deixando aos poucos de ser tabu: a saúde mental.

O príncipe Harry e o Duque e a Duquesa de Cambridge, o príncipe William e sua esposa Kate Middleton, acreditam que o “a destruição do estigma acerca da saúde mental começa com conversas simples” e usam a influência de seus perfis para convencer o público disso.

Algumas figuras públicas como o ator Stephen Fry, o rapper Stephen Manderson e o comediante Ruby Wax uniram-se a outras personalidades para falar abertamente, através de filmes publicitários, sobre suas experiências de depressão, ansiedade e pensamentos suicidas.

Heads Together é uma campanha que reúne oito instituições de caridade de saúde mental. Também foi tema da Maratona de Londres neste ano.

O príncipe Harry também tem tratado outra questão relacionada ao tema: expôs o desafio que enfrentou ainda quando criança com a morte da mãe  e que procurou ajuda  profissional somente aos 28 anos de idade por se sentir então num verdadeiro caos mental após ter silenciado suas emoções por mais de 15 anos.

Segundo a Mental Health Foundation, a depressão é a segunda causa líder de doenças no mundo. No Brasil, 5, 8% da população sofre de depressão – um total de 11,5 milhões de casos registrados no país, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS)*

A questão da saúde mental é um  tema a ser tratado de maneira alarmante e é mais que necessário que as pessoas deixem de sofrer sozinhas e busquem auxílio profissional.

Fonte: Heads Together; @headstogethercampaign;  The Guardian (goo.gl/bdDmCe).

*Agência Brasil, 2017