Anjos existem… e falam

17522838_10155151655367630_1451525016596420718_n

Uma autora que fala de suas conversas com anjos e tem mais de um milhão de livros publicados ao redor do mundo, muitos dos quais foram traduzidos em 30 idiomas.

A vida de Lorna Byrne nem sempre teve reconhecimento. Nascida em uma origem humilde na Irlanda, Lorna vê anjos desde criança. Ela nunca falou até os 7 anos de idade, mas já via anjos com a mesma nitidez com que via pessoas e nunca teve ideia porque sendo, segundo ela, uma pessoa comum, consegue vê-los.

As pessoas, contudo, achavam que Lorna tinha algo “diferente” ou “especial” e os boatos acerca de seus dons se espalharam de maneira que diversas pessoas a visitavam em sua casa, buscando cura ou sabedoria através de seu contato com os anjos.

Ainda jovem, os anjos orientaram Lorna a escrever um livro sobre eles, o que durante muito tempo ela ignorou pelo fato de ter dislexia e, consequentemente, dificuldades para escrever. Enfrentou uma vida com pobreza, quatro filhos para criar e a morte prematura de seu amado marido. Foram os anjos que lhe deram força e inspiração, segundo ela, para seguir adiante.

Em 2003, Lorna começa a trabalhar no livro sugerido pelos anjos e lançou, em 2008, Anjos em minha vida.

Hoje, ela possui vários livros publicados, está  constantemente nas redes sociais e tem sido presença em veículos da mídias como CNN, NBC Today, BBC, The London Times, etc. Atualmente, possui uma organização voltada para o auxílio de crianças e continua a trabalhar sempre com o objetivo de trazer ao mundo uma visão positiva, que foi passada à ela por Deus e pelos seus anjos, a qual tem o intuito de transformar o mundo em um lugar melhor, mais pacífico e amoroso.

“Os anjos me ajudam a ver que há esperança em todas as circunstâncias e também me lembram que todos nós temos almas e que elas são perfeitas; que nossos corpos podem morrer, mas que nossas almas não morrem”.  Lorna Byrne

Dica de leitura: Anjos em Minha Vida – Lorna Byrne – Editora Sextante

580133_10150915260552630_253103215_n

Acima: a autora Lorna Byrne

Fonte: @lornabyrneangels